• Departamento de Ações sobre Drogas – DASD

É o responsável por

– Executar a Política sobre drogas;

– Manter articulação entre o Poder Público e os diversos setores da sociedade civil que executem ações nas áreas de prevenção, pesquisa, tratamento e reinserção social de dependentes;

– Planejar e executar ações voltadas à educação, ao fomento de campanhas estaduais, à capacitação de agentes multiplicadores, ao atendimento psicossocial, às oficinas, às atividades culturais, técnica e esportivas e a outras atividades afins;

– Planejar, executar e acompanhar ações do programa de enfrentamento ao álcool e outras drogas.

  •  Coordenação de Articulação e Captação de Recursos

– Executar a Política sobre drogas;

– Articular e propor parcerias nos projetos sobre drogas para captação de recursos;

– Elaborar, acompanhar, analisar projetos para Captação de Recursos;

– Viabilizar o lançamento e acompanhamento de proposta no portal do Sistema de Convênios – SICONV para captação de recursos;

– Planejar, executar e acompanhar ações do programa de enfrentamento ao álcool e outras drogas;

– Participar e Acompanhar as revisões do planejamento plurianual – PPA;

– Viabilizar a execução dos convênios e contratos;

– Acompanhar a execução financeira do fundo estadual antidrogas.

  •  Coordenação de Ações de Prevenção, Tratamento e Reinserção Social

– Executar a Política sobre drogas;

– Planejar, coordenar, executar e acompanhar as ações relativas à prevenção do uso abusivo de álcool e outras drogas;

– Articular encaminhamento para tratamento de pessoas dependentes ao uso abusivo de álcool e outras drogas;

– Elaboração e articulação da Política Estadual de álcool e outras Drogas;

– Articular a reinserção social aos egressos recuperados e suas famílias;

– Planejar, executar e acompanhar ações do programa de enfrentamento ao álcool e outras drogas;

– Articular parcerias para reinserção social de pessoas com necessidades decorrentes de substâncias psicoativas;

– Articular, implantar e acompanhar dos Conselhos Estadual e Municipais sobre Drogas.

  •  Observatório Tocantinense sobre Drogas – OTID

O OTID tem como objetivo geral implantar e gerir um núcleo de pesquisa, produção, sistematização de conhecimento científico, sobre as substâncias psicoativas, seus usos e fenômenos associados, utilizando a mídia impressa, revistas científicas, periódicos, mídia digital e outros meios, disseminando essas informações através de um portal na Internet, denominado Observatório Tocantinense sobre Drogas – OTID.

Organograma OTID