Geral 17/10/2017 - 10:26 - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins

Corregedoria Geral de Justiça confirma apoio ao Projeto Prevenir

O Projeto Prevenir vai até as escolas levando a temática com leveza para os jovens. O Projeto Prevenir vai até as escolas levando a temática com leveza para os jovens. - Lauane dos Santos/Governo do Tocantins
Corregedoria fecha apoio com representantes da Secretaria da Cidadania e Justiça Corregedoria fecha apoio com representantes da Secretaria da Cidadania e Justiça - Divulgação Seciju

O Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, por meio da Corregedoria Geral de Justiça, é o mais novo parceiro da Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju), nas ações do Projeto Prevenir. A confirmação foi feita pelo juiz Helvécio de Brito Maia Neto, corregedor Geral, durante reunião com Kassyo Fernando, diretor de Ações de Prevenção, Tratamento e Reinserção Social da pasta.

O diretor Kassyo e o desembargador Helvécio de Brito estiveram juntos na sexta-feira, 13, quando o projeto foi apresentado ao juiz, que abriu as portas do judiciário tocantinense ao Projeto Prevenir e está disponibilizando um magistrado em cada localidade onde as ações serão executadas.

“É uma parceria muito importante para o Projeto Prevenir, onde os magistrados estarão com a gente realizando as palestras sobre prevenção quanto ao uso de drogas. E o desembargador Helvécio de Brito está colocando a disposição um juiz para cada ação e isso vai enriquecer ainda mais a programação”, disse Kassyo.

Projeto

O Projeto Prevenir é uma ação da Seciju, por meio da Superintendência de Ações sobre Drogas, debatendo e envolvendo a sociedade no processo de prevenção e combate ao uso do álcool e outras drogas. O projeto promove os esclarecimentos também em outras áreas, como gravidez na adolescência, evasão escolar, tabagismo e a construção de cultura de incentivo da prática esportiva, artes, música, apoiando as políticas públicas que garantam a afirmação dos direitos dos adolescentes e jovens.

O início das ações foi dia 09 de outubro, na Escola Estadual São José, em Palmas. A segunda etapa será dia 09 de novembro, na cidade de Araguaçu, no sudeste do Estado. A programação será executada em cerca 40 cidades diferentes, onde foram detectados problemas decorrentes do uso de álcool e outras drogas, e a necessidade do fortalecimento de trabalho da política estadual na área de prevenção.

“Temos grande expectativa para mais uma etapa, pois é enriquecedor esse trabalho com os jovens, que cada vez mais estão se mostrando comprometidos com futuro de bem-estar, de cuidado consigo próprio e com aqueles à sua volta. Essa é uma ação que se faz em parceria e cada jovem nesse contexto é um parceiro forte que está conosco”, frisou o diretor. “E com a Corregedoria Geral de Justiça afirmando participação, fica ainda melhor e mais animador levar as ações de prevenção e combate ao uso do álcool e outras drogas”, concluiu Kassyo.