Geral 15/08/2017 - 12:36 - Tom Lima - Governo do Tocantins

Conselho lança projeto de prevenção, tratamento, reinserção social e repressão ao tráfico

Acredito vai trabalhar eixos eixos: de prevenção, de tratamento, de reinserção social e de repressão. Acredito vai trabalhar eixos eixos: de prevenção, de tratamento, de reinserção social e de repressão. - Lourenço Bonifácio - Governo do Tocantins
Apresentação do Projeto Acredito para imprensa. Apresentação do Projeto Acredito para imprensa. - Lourenço Bonifácio - Governo do Tocantins

O Conselho Sobre Drogas do Tocantins (Conesd-TO) lança, nesta quarta-feira, 16, às 9 horas, no auditório do Ministério Público Estadual (MPE), o Projeto Acredito em parceria com o Governo do Estado e a Prefeitura de Palmas. O Acredito é uma ação intersetorial com o intuito de aperfeiçoar as atividades desenvolvidas pelos setores estatais, bem como da sociedade civil, visando diminuir a oferta de substâncias ilícitas e da violência e, consequentemente, dar oportunidade de uma vida melhor com tratamento, capacitação e reinserção das pessoas com dependências químicas na sociedade.

O Projeto se concentrará, em uma quadra específica de Palmas, no controle ao tráfico e à violência urbana, bem como no acolhimento de usuários e dependentes de drogas e seus familiares. De acordo com a Política Nacional sobre Drogas, especificada na Lei Nacional 11.343, serão trabalhados os seguintes eixos: prevenção, tratamento, reinserção social e repressão.

No eixo da prevenção serão desenvolvidas atividades na área da educação, esporte e cultura, a fim de identificar jovens e adultos dentro dos grupos de risco e fortalecer laços comunitários. Já no eixo do tratamento serão realizados atendimentos biopsicossociais para os indivíduos que fazem uso abusivo do álcool e outras drogas, bem como desenvolver ações de saúde que visem a recuperação através da abstinência e redução de danos dos usuários levando a autonomia individual e a melhoria na qualidade de vida.

Na linha da reinserção social serão ofertados cursos de formação profissionalizante, serviços de emissão de carteiras de trabalho, oferta de empregos, bem como resolução de pendências junto à Prefeitura e o Balcão dos Direitos com emissão de documentos pessoais. Sobre o eixo da repressão serão reforçadas as ações de segurança pública no bairro para o enfrentamento eficaz e eficiente no controle do tráfico e violência local.

Imprensa

Na tarde de segunda-feira, 14, os parceiros no Acredito se reuniram no Palácio Araguaia, em Palmas, para um pré-lançamento para a imprensa, no qual foi explicada a metodologia e a finalidade do projeto e os quatro eixos que serão trabalhados. O Projeto Acredito será realizado entre os meses de agosto e outubro deste ano, contando, ao seu final, com um monitoramento de resultados que será feito por universidades parceiras.